01 Nov 16

O que é Transmedia Storytelling?

O que é Transmedia Storytelling?

A tecnologia tornou-se acessível a todos. Desde plataformas como websites, de e-commerce, o e-mail marketing, vídeo, passando pela publicidade online ao mobile marketing, redes sociais ou broadcast, qualquer marca ou indivíduo tem hoje acesso a ferramentas capazes de potenciar os seus produtos ou a sua imagem de marca.

Porém, verifica-se ainda, nos processos de comunicação, a ausência de uma estratégia que permita a integração entre os meios e as ações praticadas, numa relação nem sempre bem conseguida entre o online e o offline.
O mais comum é a comunicação centrada ainda na marca e no produto, quando, na verdade, o que os consumidores procuram são experiências, bem estar, fazer parte das histórias das marcas e criar com elas relações de empatia.
As histórias, aliadas ao melhor que a tecnologia nos dá, permitem, a qualquer marca, interagir com o seu público de uma forma altamente impactante.
Mais do que consumidores, através dos novos meios e plataformas de comunicação, as marcas angariam verdadeiros fãs, também eles criadores de conteúdos.

A estratégia de transmedia storytelling faz todo o sentido na vida das marcas e das pessoas. O objetivo desta estratégia é desenvolver nos públicos uma experiência de entretenimento e consumo de conteúdos, permitindo a estes participar na criação de novo conteúdo de maneira coordenada e unificada. Cada meio dará o seu contributo para o desenvolvimento da história, que pode ser a história de uma pessoa ou de uma marca.

Devemos compreender que uma estratégia de transmedia storytelling deve cativar as pessoas, fazer com elas se reconheçam e se sintam parte da história. Para tal, é fundamental usar os mais variados meios de comunicação disponíveis, de forma a levar a mensagem a todos, permitindo a interação e proporcionando uma experiência diferenciadora.

Na base das histórias estão as emoções, os valores, o fator humano. O centro há muito que deixou de ser a marca ou o produto, para ser invariavelmente o público, as pessoas. Este é um dos princípios base no processo de storytelling.

Isso leva à fácil compreensão e memória da mensagem. Uma estratégia de transmedia storytelling pode ser usada com os seguintes seguintes objetivos:

  • O lançamento de produtos ou serviços;
  • A criação de um determinada comunidade em torno de uma causa;
  • Criação de ligações profundas com uma base de fãs;
  • Promover a integração entre os canais de comunicação de uma marca;
  • Reduzir a repetição de conteúdo entre os diferentes canais;
  • Promover a criação de Conteúdo colaborativo.

No mercado, muitos são os exemplos de projetos de referência, tais como, a Fábrica da Felicidade da marca Coca Cola, a Chipotle como a campanha “Food With Integrity”, a Mini com o projeto “Go With Your Gut”, Intel e Toshiba com “The Beauty Inside”, entre muitos outros.

Existe a conjugação de diferentes meios, onde cada um tem um conteúdo desenvolvido com base nas características desse mesmo meio, mas com um conteúdo próprio, parte integrante de uma narrativa maior que é a história inerente a uma campanha.

O transmedia storytelling é, sem dúvida, o que distingue a comunicação de grandes marcas.

Este artigo foi publicado originalmente no Blog Transmedia Land.
Share